top of page

Palácio da Paz: a história de seu nascimento

Atualizado: 26 de fev.

〰️Durante séculos, os continentes foram dilacerados por guerras. As imagens do campo de batalha, que agora eram acessíveis graças à invenção da fotografia, diminuíram a crença de que a guerra era essencial para a glória do rei e do país.


Durante o século 19, a constante ameaça de guerra motivou o florescimento do ideal da paz, ignorado nos séculos anteriores. Na Europa e América, surgiram movimentos pacifistas nas quais se clamava por desarmamento, mas também se pleiteava a busca de novos caminhos em direção à paz, através de uma justiça internacional.


📝A CONFERÊNCIA DE PAZ DE HAIA

O sonho de paz parecia tornar-se realidade em 1898, quando o czar Nicolau II convidou chefes de estado de mundo inteiro para uma reunião sobre desarmamento. Em 1899, as delegações de 26 países se encontraram em Haia para a primeira Conferência de Paz de Haia. O programa tratava de desarmamento, humanização da prática de guerra, e arbitragem entre os países.


Apesar da dificuldade em chegar a um consenso, todos os representantes se mostraram a favor da introdução da arbitragem voluntária. Foi criada a Corte Permanente de Arbitragem – CPA.


🏰TEMPLO PELA PAZ

Por intermédio de alguns diplomatas, o filantropo multimilionário Andrew Carnegie se mostrou disposto a financiar um lar para a corte recém-criada. Para a sua criação, abriu-se um concurso internacional no qual participaram 216 arquitetos. O vencedor foi o francês Louis Cordonnier, com um projeto baseado na arquitetura do final da Idade Média.

Durante a Segunda Conferência de Paz, foi lançada a primeira pedra do Palácio da Paz. Aos países que haviam fundado o CPA, solicitou-se que fornecessem materiais de construção e obras de arte para embelezar a construção.


Na presença da Família Real Holandesa, do financista Andrew Carnegie e de um grupo internacional de juristas, políticos e pacifistas, a chave do Palácio da Paz foi entregue em 28 de agosto de 1913 à CPA.

Além do CPA, o Palácio da Paz agora abriga a Corte Internacional de Justiça, a Academia de Direito Internacional de Haia e uma Biblioteca. A Fundação Carnegie é a proprietária e gestora do Palácio da Paz.





0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page